📦 ENVIOS GRÁTIS A PARTIR DE 30€ CONTINENTE E ILHAS!

CBD em animais domésticos

Existem certas preocupações que surgem na nossa mente, quando se associam as palavras Canábis e Animal de Estimação. Mas não devemos temer, pois existem diversas aplicações práticas e terapêuticas para o seu companheiro ou companheira de quatro patas que são benéficas para a saúde.
E aqui explicamos o porquê: A par dos humanos, os animais também têm um Sistema Endocanabinóide (ECS), sendo extremamente adequado o uso do CBD nos nossos companheiros.

Posso dar CBD com segurança ao meu animal de estimação?

Claro que sim! Além de todos os nossos produtos serem 100% naturais, o CBD não é psicoativo, podendo dar com toda a segurança no seu animal de estimação, pois são especialmente preparados e adaptados para o seu companheiro. O CBD pode ser dado a cães, gatos e até cavalos!
Não existem quaisquer danos colaterais associados ao consumo, ou seja, o seu animal não ficará com a "moca". Contudo, recomenda-se não exceder a dosagem recomendada e respeitar sempre os horários de administração.

Como faço para dar CBD ao meu animal de estimação?

Em nós, a aplicação do óleo é feita sob a língua. Num animal, essa tarefa tornaria-se impossível, não é?
Por isso, existe outra técnica a adotar. As gotas são aplicadas na alimentação do seu animal de estimação, de forma a que ele ou ela absorva o CBD através da sua dieta.
Também foram criadas cápsulas de CBD específicas para o seu animal de estimação como alternativa ao óleo, semelhantes a biscoitos.

Aplicações terapêuticas ao seu companheiro(a)

Desde o alívio da dor ao relaxamento, existem diversos benefícios que ajudam o seu companheiro(a) a ter melhor qualidade de vida, os quais destacamos alguns:

  • Alívio da dor;
  • Alívio da ansiedade/stress;
  • Combate a perda de apetite;
  • Melhora o humor;
  • Reduz crises de epilepsia;
  • Suprime convulsões;
  • Ajuda a tratar infeções;
  • Ajuda a manter o equilíbrio na pele e o pêlo macio e brilhante.

Óleos mais recomendados

Dado que é necessário ter em conta o peso e idade do animal, os óleos recomendados são de 1% e 5%.
O de 1% será mais fácil de ajustar a sua dosagem ideal, pois a sua concentração baixa ajuda a regular melhor a quantidade de gotas a administrar. Para iniciar a toma é o mais recomendado, podendo depois mudar para uma concentração mais elevada, caso se justifique.
O óleo de 5% já apresenta uma concentração superior e é recomendado aos animais que já tomam uma dose adequada para os seus sintomas e necessitem de um óleo de concentrações maiores para aplicar menos gotas e o frasco também durar mais tempo. Este óleo também é popular, por ser aplicado em conjunto com os seus donos, caso também tenham algum sintoma ou patologia em que o óleo possa ajudar.

Determinando a dosagem e frequência correta

Dado o seu porte e peso, os animais naturalmente não poderão tomar a mesma dose que os seus donos, e a sua dosagem deve ser sempre cuidadosamente planeada e monitorizada para que os seus efeitos sejam sentidos.

A regra mais básica de dosagem para cães ou gatos resume-se a esta:

- Entre 0,2mg a 1mg por quilograma de peso.

Vamos supor que tem um gato que pesa 6kg. Para determinar a dosagem para o seu gato, fazemos os seguintes cálculos:

Determinando a dosagem mínima: 0,2x6= 1,2mg

Determinando a dosagem máxima: 1x6 = 6mg

Assim, determinamos no exemplo acima que a dosagem ideal para o gato de 6kgs é entre 1,2mg a 6mg.

Usando a mesma tabela encontrada no nosso artigo sobre as dosagens, podemos concluir que serão entre 7 a 15 gotas do óleo de 1% ou 2 a 3 gotas do óleo de 5%. Entende agora porque anteriormente referimos que o de 1% é mais fácil de ajustar a dosagem?


E agora que você está esclarecido(a), explore os melhores produtos na nossa loja para o seu animal de estimação!