COVID-19: Estamos a fazer envios diariamente com normalidade

Pode o CBD ajudar no tratamento da Osteoporose?

Segundo a Fundação Internacional da Osteoporose, cerca de 75 milhões de pessoas na Europa, Estados Unidos e Japão sofrem deste problema. Estima-se que afecte 200 milhões de mulheres em todo o mundo – aproximadamente um décimo das mulheres com 60 anos.

Somente em Portugal, o número total de pessoas com osteoporose chega a 800 mil. E muitas fraturas nos ossos são causadas por esta doença. A osteoporose é mais comum em mulheres que estão na menopausa e acima dos 60 anos, em especial porque nesta fase da vida existe o risco de uma perda rápida de massa óssea, embora também existam relatos de homens que sofrem desta patologia.  

O que é a Osteoporose? 


Osteoporose significa "ossos porosos". É uma condição física que causa a perda óssea, ou seja, a perda de tecidos que resulta em ossos frágeis e quebradiços. Isso significa que as pessoas afectadas por esta doença, apresentam uma estrutura óssea com uma densidade reduzida. Esta patologia, provoca fraturas e lesões com mais facilidade e em casos  extremos, pode deformar a estrutura óssea de tal forma que influencia a forma física e pode desencadear deformidades da coluna vertebral. 

A osteoporose pode ser identificada através de vários sintomas e tem várias origens. Normalmente, o primeiro sinal da osteoporose, é uma fratura óssea, em especial fraturas da bacia, vértebras ou punhos após uma queda. Para além destas fraturas, pode existir a presença de dores nas articulações, encurvamento da coluna vertebral e diminuição de altura. 

Como o CBD pode ajudar em casos de Osteoporose? 

A planta da canábis contém dois canabinóides principais, o tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD),  que influenciam o sistema endocanabinóide (SE) do nosso organismo, de diversas formas. 

O sistema endocanabinóide (SE) do nosso organismo, é uma rede complexa de receptores e enzimas metabolizadoras que atuam como reguladores do organismo, recebendo e traduzindo os sinais dos canabinóides. Para além disso, o SE é responsável por promover a homeostase, influenciando todos os processos fisiológicos do nosso corpo. O CBD quando ingerido activa os receptores CB1 e CB2 , presentes nosso organismo, ativando também o SE.

Nas últimas décadas, vários pesquisadores descobriram a presença de alguns receptores de canabinóides (CB1 e CB2) e enzimas endocanabinóides metabolizadoras, nos tecidos ósseos, que desempenham um papel essencial na saúde óssea, e que são reguladas pelo SE.

Deste modo, o CBD pode desempenhar um papel importante na regulação da remodelação e massa óssea. 

O CBD atua sobre a Osteoporose em duas vertentes:

1. O CBD melhora a massa óssea

Os osteoclastos ou células ósseas absorventes, possuem um receptor celular que, quando ativado acelera a perda e degeneração óssea. Este receptor é conhecido como GPR55. O CBD quando ingerido bloqueia especificamente a ativação desse receptor, reduzindo a atividade dos osteoclastos, logo diminuindo a degeneração óssea.

Um estudo publicado em 2010 pelo centro de Neurofarmacologia israelita, mostrou que a administração de CBD tem efeitos significativos sobre a cicatrização de fraturas e aumento da dureza dos ossos através da estimulação da lisil hidroxilase – uma enzima envolvida na cicatrização óssea.

2. O CBD combate a dor e inflamação

O CBD tem um papel importante na redução de inflamações e na cicatrização dos tecidos ósseos. Desde há muitos anos, que o CBD é usado por pessoas que sofrem de dor crônica, pois contém propriedades anti-inflamatórias e análgesicas, úteis para alívio da dor e cura das inflamações. Ao longo dos tempos, o Óleo de CBD tem vindo a tornar-se uma alternativa aos medicamentos tradicionais indicados para estas patologias. 

De acordo com as evidências apresentadas até ao momento, podemos concluir que o CBD desempenha um papel importante no combate da osteoporose e melhora o processo de cicatrização. 

Para alívio dos sintomas de osteoporose, a dosagem a tomar, varia de pessoa para pessoa, pois cada pessoa reage de maneira diferente ao CBD. Recomenda-se iniciar a toma de pequenas doses e depois ir ajustando a dosagem a tomar de acordo com o nível de dor sentido, e se possível fazer o tratamento com acompanhamento médico.

Fortaleça a sua estrutura óssea através da toma de óleo de CBD e previna-se contra a Osteoporose. 

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos