COVID-19: Estamos a fazer envios diariamente com normalidade

Estudo aponta Canábis como protector contra o vírus COVID-19

Na busca incessante por uma vacina ou medicamentos para o tratamento do novo coronavírus, vários cientistas canadianos pesquisaram sobre como as propriedades medicinais da Canábis podem ajudar no tratamento deste vírus.

Recentemente, vários cientistas da Universidade de Lethbridge, estudaram mais de 800 variedades da Canábis sativa, em busca de uma solução para a cura desta infeção, chegando a conclusões preliminares bastante positivas, embora não conclusivas.

O objectivo deste estudo foi encontrar maneiras de prevenir que o SARS-COV-2, se hospede nos pulmões, intestinos e cavidade oral.

Para ocupar uma célula hospedeira humana, o SARS-COV-2 necessita um receptor, a enzima conversora da angiotensina 2 (ACE2), que se encontra no tecido pulmonar, na mucosa bucal e nasal, nos rins, testículos e trato digestivo. Sem essa enzima, o patógeno não tem como penetrar.

Para conduzir este estudo, os pesquisadores canadianos se concentraram em espécies Canábis sativa com um alto teor de canabidiol (CBD), um canabinóide anti-inflamatório. Eles cultivaram mais de 800 espécies de Canábis, identificando 13 extratos que seriam capazes de modular as taxas da enzima ACE2.

Usando modelos artificiais de tecidos humanos 3D, eles simularam e mapearam como cada espécie de Canábis pode afetar as infecções causadas pelo COVID-19 nos tecidos orais, vias respiratórias e vias intestinais.

Particularmente, foi monitorizada a capacidade de espécie de Canábis, de modular os níveis de ACE2, principal enzima responsável pela infecção por COVID-19.

Os resultados dessa experiência mostraram que algumas espécies também foram capazes de regular negativamente a serina protease TMPRSS2, outra proteína crítica para o COVID-19 entrar nas células hospedeiras e se espalhar por todo o corpo.

Os resultados deste estudo, não podem ser tomados como evidência conclusiva da capacidade da Canábis de tratar o vírus, uma vez que os pesquisadores não foram capazes de identificar qual a proporção ideal de THC para CBD, ou mesmo se o ingrediente ativo é CBD ou algum outro componente desta planta.

Assim, de acordo com o Doutor Kovalchuck, embora exista uma forte evidência de que a Canábis pode ser usada no tratamento do COVID-19, no entanto existe a necessidade de mais investigação científica de modo a comprovar estas teorias.

 Fonte: https://www.preprints.org/manuscript/202004.0315/v1

 

 Ver os nossos produtos

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos